Incontinência urinária: alimentos para evitar


Todo mundo sabe que é preciso manter uma alimentação saudável para evitar doenças ou maiores problemas com a saúde. Mais o que comemos também pode influenciar na condição de pacientes que sofrem com a incontinência urinária. Por isso, a seguir vamos conhecer as comidas e bebidas que devem ser evitadas para não agravar os sintomas da doença.


Alguns alimentos podem piorar essa condição, por irritar a bexiga ou o trato urinário. O efeito de cada alimento varia de pessoa para pessoa. Começando pelos alimentos diuréticos, temos as frutas cítricas, como a laranja e o limão, que podem favorecer o aparecimento de problemas no trato urinário.


Comidas picantes devem ser evitadas pelas pessoas que já sofrem com incontinência urinária ou problemas com a bexiga, pois podem elevar a vontade de urinar e piorar ainda mais a situação.


Reduza o consumo de alimentos gordurosos, processados e doces, para evitar a obesidade. O excesso de gordura causa pressão sobre a bexiga e os músculos do pavimento pélvico, provocando a micção indesejada. Não abuse de adoçantes artificiais, açúcar e mel se já sofre com incontinência urinária.


Bebidas como refrigerantes, águas gaseificadas, energéticos, chás, café e alcoólicas precisam ser restringidos, pois aumentam a possibilidade de irritar a bexiga e causar maiores problemas para aqueles que já sofrem alguma doença. O chocolate também entra nessa categoria por conter cafeína, modere o seu consumo para não irritar a bexiga.


Mas não deixe de beber pelo menos 1,5 litros de água por dia, é importante manter se hidratado para que a urina não fique concentrada e irrite ainda mais a bexiga. Mantenha um equilíbrio e tome ao longo do dia pequenas quantidades. Assim mantém o corpo hidratado e maior controle de quanto toma de água.