Existe tratamento para incontinência urinária masculina?


O tratamento da incontinência urinária masculina depende do tipo de incontinência e da severidade das perdas urinárias. Com o acompanhamento médico, é possível encontrar o melhor método para o tratamento.


O diagnóstico correto e mais preciso é fundamental para uma boa recuperação, assim como a realização de exames complementares, como o exame físico realizado no consultório.


Em alguns casos, podem ser utilizados medicamentos semelhantes aos utilizados na incontinência urinária feminina, como os anticolinérgicos ou medicamentos que promovem a maior contração dos músculos pélvicos.


A fisioterapia também é opção, podendo ter bons resultados e ajudar na recuperação da continência. Os exercícios de Kegel são simples e não precisam da assistência de um profissional para ser realizado. Esse método consiste em contrações dos músculos pélvico com a intenção evitar a perda involuntária de urina. Estas contrações devem ser fortes e mantidas durante o máximo de tempo possível, com uma breve pausa entre elas.


Tenha também uma dieta controlada, corte ou evite bebidas alcoólicas, cafeína ou alimentos ácidos. Reduzir o consumo de líquidos e aumentar o consumo de fibras ajuda no melhor funcionamento da bexiga. Perder peso ou aumentar a atividade física também pode aliviar o problema. Mas não deixe de tomar água, mesmo estimulando a produção de urina, é importante manter-se hidratado.


Não tenha vergonha ou receio de procurar ajuda médica. Apenas um especialista pode indicar o melhor tratamento para cada tipo de incontinência urinária. Consulte o seu médico e evite o desconforto.